4 atitudes fundamentais para ser um ótimo cuidador de idosos

1 – Pratique empatia e o respeito

É importante se colocar no lugar do outro para compreender as nossas limitações com o avançar da idade. Como a pessoa se sente diante dessa situação? O que posso fazer para estimular a autonomia?

2 – Identifique os sinais e sintomas que apontem para um possível problema de saúde mais comum na idade avançada

O cuidador precisa entender como funcionam os mecanismos de alterações fisiológicas recorrentes nessa faixa etária – causas, sintomas, tratamentos. Assim, ele pode alertar a família ou recorrer ao profissional de saúde adequado, e ainda garantir que as recomendações médicas sejam seguidas no dia a dia.

3 – Estimule as relações

Todos somos seres sociais e a necessidade de interação continua quando a idade avança. É fundamental preservar as relações do idoso com familiares e também valorizar sua convivência com outras pessoas.

O cuidador pode, por exemplo, fazer a ponte com grupos de idosos, cinemas, teatros, museus e outros espaços e atividades benéficos para o desenvolvimento social do idoso.

 4 – Encoraje a busca pelo protagonismo

Após décadas de histórias e experiências, muitas vezes o idoso está a ponto de perder sua vivacidade, principalmente quando convive com alguma limitação. Nesses casos, o cuidador estimula  a lidar com as dificuldades e a recuperar o protagonismo.

Sempre que possível, ele deve ser estimulado a reconquistar seus espaços e se sentir capaz de realizar as atividades diárias.

 

Fonte: blog Senac

Você Gostará de Ler Também: